皆様へお知らせ

 

6161407分、月田秀子は北海道室蘭市内の病院にて永眠いたしました。

昨年4月に肺がんによる余命宣告を受けて以来、再び皆様の前で歌えるようにという願いを胸に抱きながら、最後の日まであきらめることなく日々を過ごしました。

なお、葬儀は故人の遺志により近親者のみで本日執り行いました。

 

お見舞いやお励ましの言葉から力を得て、昨年8月と今年4月には病院内にてミニライブ、昨年10月には白老および札幌のライブハウスにて、2日間の『月田秀子ファドライブ 祈り』を開催することができました。

決して万全ではない体調のなか、月田秀子は歌によって自分自身を取り戻し、歌によって自分自身を救いました。

 

6月に入ってからはきわめて厳しい容態が続きましたが、永眠する前日には付添人に「乾杯したいからビールを買ってきてほしい」と頼み、実際には乾杯は水でおこなったものの、その後『人生よありがとう』を歌うという、気丈な姿を見せてくれました。

今は長い闘いを終え、天にいる仲間たちと語らい、歌っていることでしょう。

 

なお、故人の遺志により、遺族連絡先告知はお受けできません。どうかご了承くださいますようよろしくお願い申し上げます。アルバムなどで彼女の歌声を何度も聴いてください。ファンを何よりの存在としていた彼女にとって、一番の供養となると思います。

 

いままで月田秀子を支えてくださった皆様に、あらためて心より感謝申し上げます。

 

ありがとうございました。

 

2017618

 

月田秀子ファド倶楽部

 

 

Faleceu no passado dia 16 de junho a fadista japonesa Hideco Tsukida.
Pioneira na promoção do fado no Japão, foi a primeira japonesa a dedicar-se exclusivamente ao fado, dedicando mais de 35 anos da sua carreira ao fado.

Pelo seu mérito foi condecorada em 2010 com a Ordem do Mérito.

Nascida em Tóquio, começa a cantar canção francesa em 1980. Ainda no início da sua carreira profissional, apaixona-se pelo fado de Amália Rodrigues,

o que a faz visitar Lisboa em 1984. Após realizar o seu primeiro espetáculo de fado em 1985, Hideco Tsukida decide viver em Lisboa durante um

ano para frequentar um curso na Universidade de Lisboa e imergir no mundo do fado.

Foi apresentada como fadista pela RTP e outros canais portugueses sendo o seu fado altamente consagrado pela própria Amália Rodrigues.

Realizou inúmeros recitais e concertos não só no Japão mas também em Portugal e lançou 8 CDs e 1 DVD.

As atuações de Hideco Tsukida náo só deram origem a um grande número de admiradores do fado no Japão, mas também a outros

fadistas que seguiram os mesmos caminhos.

Hideco Tsukida já se encontrava em tratamento nos últimos anos mas em abril de 2016 foi-lhe transmitida a notícia de que

 o seu tempo de vida restante se resumia a escassos meses. Durante a luta nunca se esqueceu do fado e da música que a encorajou

 e fez prolongar a sua vida durante quais mais um ano. Chegou a realizar recitais no hospital e em outubro de 2016 fez

 duas apresentações ao público em Hokkaido.

Um dia antes do seu falecimento, já quase sem forças, Hideco Tsukida não cantou o fado, mas sim uma canção de agradecimento à vida

– “Gracias a la vida” – do início ao fim.

A Embaixada de Portugal em Tóquio apresenta o mais profundo pesar pelo falecimento desta grande fadista japonesa

e agradece a Hideco Tsukida por toda a paixão, amizade e dedicação ao fado e a Portugal.